News

Saiba mais sobre a importância e os métodos de medição de Densidade

A determinação da densidade aparente das peças cerâmicas é um dos importantes processos laboratoriais para um produto final impecável. Saiba mais sobre a importância e os métodos de medição de densidade aparente.

O controle sobre os parâmetros que interferem diretamente na qualidade do produto tem sido cada vez mais procurado e intensificado. Para atender as expectativas de um mercado cada vez mais rigoroso, as empresas estão buscando desenvolver seus produtos e processos de fabricação a fim de buscar excelência. A determinação da densidade aparente das peças cerâmicas é um dos importantes processos, pois, é uma das propriedades que afetam o comportamento em diferentes processamentos cerâmicos. A densidade aparente de peças cerâmicas é um dos processos de qualidade que fazem com que o produto final atinja suas melhores características.

Quando uma peça de cerâmica é prensada, a pressão ou força com que o material é comprimido define sua compactação. O comportamento de qualquer cerâmica em todos os seus processos depende diretamente de sua compactação por prensagem. A desgaseificação, a porosidade e o encolhimento dependem diretamente dele. 

No momento em que os parâmetros e critérios para a queima de um produto cerâmico são estabelecidos, também é definido um determinado valor de compactação (ou densidade) para que o produto finalmente tenha as características desejadas (absorção de água, resistência mecânica, etc.). Se todo corpo cerâmico prensado sempre tivesse a mesma compactação (densidade) em todas as suas áreas de sua superfície e se essa mesma densidade fosse sempre mantida constante, todos os problemas e defeitos desapareceriam na produção.

Este ideal, de manter a densidade sempre igual, não é alcançável, uma vez que vários fatores que intervêm na densidade não podem ser mantidos constantes. Mas se você trabalha sem saber a densidade da prensagem, você procede às cegas e somente no final do processo, quando o produto acabado sai do forno, você conhece os defeitos da produção.

Diante desses pontos de vista, tem-se buscado novos métodos que permitam a determinação da densidade aparente de corpos-de-prova cerâmicos sem a necessidade do uso de mercúrio, mas com similar precisão, segurança de processo e velocidade.

MERCÚRIO


O método mais conhecido para essa determinação é por empuxo com uso de mercúrio. O mercúrio é um metal tóxico pesado sendo considerado uma das substâncias mais perigosas para a saúde e para o meio ambiente.  Reconhecendo os riscos da utilização do mercúrio, se tornou uma necessidade eliminar o uso da substância e passou a ser desenvolvido novos métodos para a determinação da densidade aparente de peças cerâmicas.

MEDIDORES DE DENSIDADE SERVITECH


A necessidade de eliminar o mercúrio do processo de qualidade nas cerâmicas foi um ponto de partida para novos métodos de medição. Possuímos modelos que atenderão a sua necessidade seguindo as regulamentações.

MEDIDOR DE DENSIDADE APARENTE A ÁGUA CT-12444

Como a porosidade das peças prensadas cruas depende das características químicas e físicas do granulado, sua distribuição e umidade, assim como o poder de prensagem aplicado, é de extrema importância conhecer esse parâmetro para determinar as outras variáveis que contribuem para a formação o produto acabado (resistência mecânica, encolhimento, etc.).

Com base nisso, a Servitech desenvolveu, com tecnologia nacional, um método de medição de densidade aparente de peças cerâmicas com a utilização de água, não requerendo o uso de mercúrio, tornando a determinação econômica e ecologicamente correta.

O MEDIDOR DE DENSIDADE APARENTE A ÁGUA CT-12444 possui facilidade na operação, manutenção e limpeza.

DENSÍMETRO AUTOMATIZADO 3-20

O DENSÍMETRO 3-20 foi projetado principalmente para o laboratório, mas também pode ser usado em linhas de produção para controlar diretamente a compactação do produto cerâmico na saída da prensa.

Com uma câmara de medição, o volume da amostra é determinado por ar comprimido. A máquina possui um medidor cujo volume exato é conhecido e quando a máquina faz uma calibração (automática ou manualmente), os erros de medição são corrigidos devido a mudanças de temperatura ou outros fatores.

A precisão da medição da densidade é garantida por sofisticada termo compensação. Quando a temperatura ambiente - à qual a máquina é exposta - muda em meio grau, uma calibração é realizada automaticamente para ajustar certos parâmetros que são usados para calcular o volume da amostra.

Para saber mais sobre a determinação da densidade aparente das amostras cerâmicas e nossos produtos, entre em contato conosco!